Resenha: A Seleção

Moças e moços, venho contar para vocês que estou apaixonada por livros ultimamente, na verdade eu sempre gostei de ler e tudo mais, mas agora que estou de férias tenho tido bem mais tempo para fazer coisas que eu gosto, diferente do período de aula. Pois então resolvi adotar uma nova tag aqui pro bróg com todo esse meu ânimo em questões de livros! Farei várias resenhas sobre os livros que eu mais gostar e até wishlist em breve!

Então para começar bem vou falar sobre um dos meus livros preferidos do momento, A Seleção da autora Kiera Cass, confere aí:

Comprei o livro inicialmente para minha amiga de presente, mas confesso que me apaixonei pela capa do livro e tive que voltar e comprar um para mim. Estou louca para comprar o próximo livro que é A Elite, e espero que gostem tanto quanto eu.

IMG_0302 (2)

O livro é simplesmente maravilhoso, desde a textura das folhas até a história. Super recomendo para quem adora um romance e todas aquelas histórinhas clichês que envolvem reinados e tudo mais.

A história se passa depois da terceira guerra mundial onde a sociedade é divida em castas, e a casta numero 1 é a realeza. O príncipe então completa uma certa idade e precisa escolher sua esposa, que deve ser uma plebeia. No desenvolvimento do livro 35 garotas são selecionadas para concorrer o casamento com príncipe, as meninas então passam por uma espécie de reality show. E então a história é contada por America Singer, sendo ela uma das garotas que entram para a seleção, mas a diferença é que ela foi meio que obrigada pela mãe a fazer a inscrição, e a mocinha prometeu para o namorado que iria tentar ao menos ter uma vida melhor, onde America é uma casta 5 e seu namorado 6, nos quais foram os motivos a fazer ela ter conseguido um lugar no reinado para concorrer com as demais garotas.

Enfim, espero que tenham gostado do tema do post.

Até o próximo post, Samantha.

Anúncios

Inspiração: Dia Mundial do Livro

Hoje, terça-feira (23 de Abril) o mundo comemora o Dia Mundial do Livro!

Essa data foi escolhida para representar o aniversário da morte de dois grandes   destaques da literatura universal:William Shakespeare e Miguel de Cervantes.

E para entrar no clima selecionei umas fotos para vocês.

Beijos, Hanna

A Menina que Roubava Livros vai virar filme!

   Sucesso absoluto de público e de crítica, “A Menina que Roubava Livros” chegará ao cinema. O novo clássico do escritor australiano Markus Zusak permance há 280 semanas na lista de mais vendidos do New York Times. O sucesso no Brasil também perdura: são mais de 2 milhões de exemplares comercializados.
Com estreia prevista para 2014 nos Estados Unidos (segundo site IMDb), a adaptação será dirigida por Brian Percival (Downton Abbey). A inesquecível Liesel Meminger será interpretada pela atriz franco-canadense Sophie Nélisse, estrela do indicado ao Oscar Monsieur Lazhar. Geoffrey Rush (indicado ao Oscar por O discurso do Rei) e Emily Watson (Anna Karenina) viverão seus pais adotivos.
As filmagens começam nesse mês, em Berlim. A produção é de Karen Rosenfelt e Ken Blancato.

Samantha.